BOBINA DE IGNIÇÃO

Sem título-1

A função da bobina de ignição é transformar a tensão do sistema de alimentação do veículo, que normalmente varia de 12 a 14V em alta tensão. Esta alta tensão pode chegar a 45.000V. A alta tensão da bobina é conduzida pelos cabos de ignição até as velas, onde é convertida em uma centelha que dará início à reação de queima de combustível.

 As bobinas de ignição NGK são fabricadas segundo os mais rígidos critérios de qualidade da NGK do Brasil.

Levando desta forma a qualidade e tecnologia NGK a todo o sistema de ignição de seu veículo, da bobina às velas de ignição.

O princípio de funcionamento das bobinas de ignição é baseado no princípio da indução eletromagnética.

O circuito primário da bobina recebe uma corrente proveniente do sistema de alimentação. A variação da corrente no primário gera uma variação no fluxo magnético da bobina, induzindo uma tensão no secundário. Esta tensão é a responsável pela geração da centelha elétrica nas velas de ignição.

Navegar no Site