Sensor de Detonação

Os sensores de detonação têm a função de proporcionar um melhor desempenho e economia dos motores. No ciclo Otto, este sensores permitem que o ponto de ignição trabalhe o mais próximo possível do ideal. Já no ciclo Diesel, ficam mais próximos do limite de detonação.

Este tipo de sensor é constituído de uma massa metálica e uma cerâmica piezoeletrica que, ao vibrar, gera um sinal elétrico. A NTK possui dois tipos de sensores de detonação:

– Sensores tipo KN. Estes sensores, não ressonantes, possuem ampla faixa de trabalho entre 5 e 15 kHz. Podem ser aplicados em vários tipos de motores e sua frequência de detonação é determinada durante a calibração do motor.

– Sensores do tipo KR. São sensores ressonantes com sinal gerado em uma frequência específica de trabalho. Devido a esta característica, os sensores do tipo KR são desenvolvidos especificamente para cada tipo de motor.

Os sensores de detonação possuem um torque específico de aperto. A alteração do torque pode afetar o sinal gerado pelo sensor. A NTK recomenda o torque de 2,0 a 2,5 Kgf.m e não recomenda a utilização de graxa ou arruelas na montagem do sensor de detonação.

Navegar no Site