Velas resistivas

Com o surgimento da eletrônica embarcada nos veículos, a NGK desenvolveu, no final da década de 70, as velas resistivas que possuem um resistor cerâmico, capaz de atenuar as interferências eletromagnéticas provocadas pelo sistema de ignição. Essa interferência é extremamente prejudicial aos sistemas eletrônicos dos veículos tais como:

– Injeção eletrônica de combustível;
– Sistema de som;
– Sistema antifurto (alarmes, bloqueadores e rastreadores);
– Cambio automático com controle eletrônico;
– Controle eletrônico de tração e estabilidade;
– Sistemas de ABS e Air Bag;
– Rede CAN;
– Ar condicionado com controle eletrônico;